botao manager

Lucas Ramos – O homem fiel ao seu projeto

 

Finalmente tomei vergonha na cara eu fui até Leicester City visitar o CT do clube que carrega o mesmo nome de sua cidade. Há muito tempo venho prestando atenção nos feitos de Lucas Ramos no comando do clube inglês. A sua carreira enraizada nas cores azul e branca dos foxes, é sem dúvida nenhuma, a história mais bonita e fiel do Craque Digital.

Colecionador de títulos, Lucas Ramos é tratado como uma lenda viva por sua torcida. E não poderia ser diferente. Em 4 temporadas, o Leicester de Ramos conquistou o vice-campeonato da extinta série F, título da também extinta série E, título da série D, e agora o mais recente, título da série C.

Após tantas conquistas, a sala de troféus do clube está em reforma para aumentar a capacidade.

Quando chegou, assumiu o clube em pedaços. Sem contar com as principais estrelas já negociadas (Vardy, Kanté e Mahrez), e na última divisão do Craque. A perspectiva normal era fazer do Leicester apenas um clube-trampolim para ganhar alguma reputação e aterrissar em outro time mais forte.

Não para Lucas!

Logo de cara já iniciou um projeto de longo prazo. O objetivo? Vencer a série A! Extremamente ousado não é? Bom… Quem ousa dizer que ele não vai conseguir??!

Hoje o clube está em outro patamar. Completamente diferente das terras arrasadas que encontrou em seus primeiros dias de treinamento.O Leicester de hoje é um clube vencedor. Temido pelos adversários, reconhecido por suas glórias e por seus elenco jovem e extremamente habilidoso.

Assim que o táxi me deixou na porta do CT do clube, fiquei cerca de uns 2 min de pé olhando aquela casa azul com o enorme emblema do clube e pensando: “ Essa é a estrutura deles? É tão simples, como conseguem crescer tanto? É apenas uma casa!“

Picture

Um não tão simpático guardinha do clube percebeu a minha inquietação, e meio irritado veio aos berros me convidar para entrar.

  • Hey man! Come on,  let’s go inside!!!
http://legacymedia.localworld.co.uk/275788/Article/images/13556685/3253846.png
Ok Mr. Jackson, não se irrite, vamos entrar e conhecer de perto qual é a mágica que acontece aí dentro.

Passeando pela estrutura, admito que todas as impressões que eu tinha antes de entrar estavam erradas. A casa de entrada parece modesta, mas a estrutura por trás disso é imponente.

http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2015/04/27/11/27E9548700000578-3057210-image-a-39_1430128885279.jpg

Resultado de imagem para leicester city training ground

Após alguns minutos caminhando, enfim encontrei o campo em que Lucas Ramos tinha recém terminado um treino. Olhando atentamente, ficava nítido que todos os jogadores pareciam felizes e satisfeitos. Haviam piadas, risadas altas, mas também comprometimento com o trabalho sério. O clima no Leicester é ótimo, e o treinador tem o seu elenco nas mãos.

Após o treino, o homem que eu tanto queria conhecer veio até mim. Quando eu estava começando a entrevista, ele me interrompeu.

Vamos ao estádio, faço questão que você venha conhecer.

Que assim seja, o senhor é quem manda.

E sim! do lado de fora do King Power Stadium, perto da lojinha do clube que vive lotada pelo ótimo momento do clube, fica a exuberante estátua do treinador mais vitorioso da história do time.

O treinador olhava com orgulho a homenagem que a ele foi realizada recentemente.

A imagem que escolhi para a capa dessa matéria é muito significativa. O trabalho de Ramos, simbolicamente me lembra muito um atirador de elite. É um cara extremamente paciente, preciso e letal.

Possui a precisão impecável de seus olheiros na hora de recrutar jovens talentos por scout. Paciência para lapidar essas jóias. E é completamente letal com a bola rolando.

Por favor confira a entrevista:

Idade: 24 anos

Naturalidade: Carioca

Time do coração: Flamengo

Ídolo no futebol: Ronaldinho Gaúcho

1) Então pra começar… Eu gostaria q você me contasse a sua trajetória. Desde que eu me lembre você sempre esteve no Leicester, é isso msm?

Sim, correto. Entrei no craque na antiga série F. Fui vice-campeão. Meu time era horrível. Único jogador bom era Adrien Silva. Entretanto, o time era muito competitivo. Tinha um bom atacante, Kalinic, que sempre meteu muitos gols.
Na temporada seguinte, com o mesmo time, fui campeão da tb extinta série E, em cima da saudosa Sampdoria (treinada por você kk), no último jogo. Guardo com carinho esse título porque teu time era muito bom mesmo. Foi uma honra pra mim.
Infelizmente, na sequência, eu saí do craque, pq começou a ser cobrado mensalidade a todos.
Fiquei um bom tempo fora, até que o Bokinha, famoso bumbum de mel, me convidou para retornar. A princípio eu não queria, mas ele disse que meus meninos não haviam sido negociados pelo antigo treinador. Eu havia feito uma única aposta. Tinha scouteado o Lemar, com 74 de overal. Decidi que era hora de voltar.
Ao retornar, vi que meu scout havia dado certo. Lemar já estava com 79.
Meu time era muito defasado em relação aos demais. Fiquei sabendo que rolou um draft quando as antigas séries acabaram e o antigo treinador do Leicester n havia melhorado em nada o elenco.
Dito isto, resolvi apostar de vez nos scouts e montei um time basicamente construído através dos scouts e com alguns peças emprestadas.
Assim, conquistei o título da série D e, agora, da série C.
Fui vice de duas finais de copas: copa chapecoense e copa do mundo (eu sei, elas não têm peso).
Cai por duas vezes na semi final da champions league, mas isso não me afeta porque sei da deficiência do time.
A copa também nunca tive muita sorte.

2) Já falei outras vezes da qualidade dos seus scouts. Hoje vejo o Leicester dono da melhor rede de olheiros do Craque, e olha q tem mta gente afiada nesse quesito. Você comentou do Lemar, mas ele é só um dos muitos jovens com imenso potencial no seu elenco. Quão difícil é para segurar esses caras no time? Imagino q já chegaram propostas altas q muita gente iria aceitar, mas vc bateu o pé e recusou. E como fica a cabeça do jogador nesse caso? Eles ficam balançados com o interesse de times mais tradicionais?

Rapaz. A parte mais difícil do meu trabalho é segurar meus meninos. Tive diversas propostas tentadoras mas uma me balançou muito: o Diego Cone, a época no Barcelona, me ofereceu o zagueiro Pepe no Mbappe. Logicamente que balancei muito, pq o melhor jogador do meu time, no quesito ovrl era o Rui Patrício com míseros 83. Então, seria um enorme salto. Porém, como você mesmo falou, a rede de scout do Leicester é muito boa. Confiamos no potencial dos nossos jogadores, e, por isso, vamos esperar pra ver o quão longe eles chegarão.
No que tange ao psicológico do jogador, sempre digo a eles: ficar no Leicester é a melhor opção! Primeiro, por que o time é muito ajustado. Temos um estilo de jogo, ao meu ver, único, com zaga marcando alto, linha de impedimento, triangulações, muito toque de bola, sem cruzamento. Temos todo um padrão de jogo que ajuda a sempre buscar títulos.
Segundo, ao sair do Leicester, muita das vezes, eles irão compor o banco das grandes equipes, então, para o seu desenvolvimento, quanto mais minutos em campo, melhor.
Uma grande equipe, um salário melhor, sempre vão balançar as jovens promessas, mas cabe ao clube mostrar que dinheiro nem sempre é tudo na vida.

3) E agora sobre a sua carreira. Com vários titulos no currículo, a sua reputação cresceu muito e hj está entre as melhores. Nas últimas danças comentava-se q Lucas Ramos iria finalmente assumir algum time grande, mas até então isso nunca aconteceu. Ainda não chegou a hora de novos desafios?

Como eu disse anteriormente. O time tem um projeto. O clube quer ver onde os meninos chegarão. Da minha parte não é diferente. Não vou abandonar um projeto que está dando certo. Não vou trair meus meninos. Eu fico!

4) E qual é o objetivo final? Chegar na série A? Ganhar a série A? Em termos de desempenho nas ligas, não há oq discutir, mas em copas oq está faltando para trazer a taça pra casa?

Obviamente que o objetivo é ser campeão da série A, com o meu time. Tive a oportunidade de pegar o Barcelona mas não quis. Quero dar continuidade ao projeto.
Em copas, falta malícia minha mesmo. Jogo todos os jogos pra ganhar e isso acaba me prejudicando, infelizmente. Tenho que jogar mais com o regulamento em baixo do braço

We know what we are! Champions of England! The blue army of Leicester!

https://img.rasset.ie/000c3e1b-800.jpg
As ruas de Leicester vivem em festa.

Créditos para o nosso artista Guth pelas imagens sensacionais! E também para o Targino, que me ajudou com a imagem da estátua 100% real. Muito obrigado amigos!

 

Jornalismo Craque Digital – Luca Bueno

Comments (1)

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.